Os deputados estaduais aprovaram, em sessão nesta quarta-feira (14), a venda de 95 hectares que fazem parte da Floresta Estadual do Noroeste Paulista, antigo Instituto Penal Agrícola (IPA), que fica entre Rio Preto e Mirassol. A venda da área está no projeto de lei 529/2020 do governador João Doria (PSDB). 

Dória alega que o governo do Estado está vendendo para a iniciativa privada todas as Áreas de Proteções Ambientais (APPs) do Estado e que os novos proprietários serão obrigados a mantê-las com o propósito original. Ele alega que o dinheiro será para cobrir o déficit acumulado nos últimos anos por isenções fiscais concedidas anteriormente.

Para realizar algum empreendimento no local, haverá necessidade de aprovação de um comitê municipal formado em Rio Preto.

A floresta

A Floresta Estadual do Noroeste Paulista, com 379,94 hectares de área total, tem recursos florestais que podem ser usados para pesquisa científica.

Há projeto para que o espaço possa ter visitação pública, com desenvolvimento de atividades de educação ambiental, lazer, esporte e cultura, além da recuperação ambiental da área, com plantio de espécies nativas.

Em 2014, decreto estadual transferiu área de 248 hectares, do antigo IPA para o Instituto Florestal (IF) e criou a Floresta Estadual do Noroeste Paulista, unidade de conservação de uso sustentável. Com isso, as cidades de Rio Preto e de Mirassol ganharam área verde de cerca de 500 hectares.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here