O Coletivo mirassolense D.I.A (Diversidade, Interior e Arte), movimento apartidário formado por artistas e apoiadores, segue com a proposta de disseminar e incentivar arte e cultura no interior de São Paulo e outros estados do Brasil, lutando pela democratização e valorização da arte e dos artistas. No aniversário de Mirassol, fez sua primeira manifestação pública durante a 1ª Caminhada Cívica e Cultural.

Idealizado em novembro de 2020, por iniciativa de Carol Drudi e João Bolzan, atualmente conta nove administradores (Beatriz Carvalho, Beatriz Molina, Bruna, Carol Drudi, João Alberto, João Bolzan, Otávio Neto, Ryan Trovatti e Kevin), tendo como apoiador o professor e vereador Júlio Salomão e mais de 100 artistas, a maior parte deles do estado de São Paulo, e estados como Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo.

O D.I.A, segundo uma das administradoras, Beatriz Molina, vem fazendo esse mapeamento no interior para que se tenha  uma melhor visão dos artistas que participam do movimento. Esse mapeamento, que já conta com 71 registros, vai permitir  conhecer a demanda de artistas de diferentes estados e promover uma conexão entre eles em diferentes regiões para tentar levar oportunidades pra cada um.

“Essa diversidade vai alimentar a cultura do interior e incentivar a importância da arte para a sociedade e para a vida”, disse. “Estamos tendo um alcance significativo através do mapeamento, considerando o início do Coletivo no final de 2020 e nossas recentes conquistas e lutas”, acrescentou.

Ela informou também que estão sendo tomadas medidas para que o Coletivo se transforme em uma Associação para que possa facilitar a participação dos artistas locais em editais e políticas públicas.

Para participar ou apoiar o grupo, basta entrar em contato com as redes sociais (Coletivo DIA) ou enviar mensagem aos administradores pelos fones (17) 98120-7346 (Beatriz Carvalho) (17) 99162-2106 (João Bolzan).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here