Goy Montini chuta o balde e não disputará eleição este ano

Entrevista com Goy3 - Jair Lemos Blog

Segundo colocado na eleição passada, com diferença de apenas 797 votos para o candidato eleito, o advogado Goy Montini (PROS) confirma que não sairá candidato à eleição em Mirassol este ano, nem a prefeito nem a vereador. “Por dois principais motivos: o desânimo com o sistema político e a podridão de boa parte da classe política brasileira”, desabafou.

Ele reconhece que, com a votação maciça na eleição passada, ele até teria chances. “Talvez sim, mas não vejo o processo ‘tentador’ dessa maneira. Hoje estou mais focado atuando na área que escolhi como profissão”.

Montini explica mais sobre sua desilusão: “Entendo que o problema de nosso sistema político não se trata simplesmente de ganhar ou perder e, sim, de “como” ganhar.  

“Fiz uma campanha em 2016 extremamente limpa, sem amarras e conchavos. Me disseram que talvez até tenha me prejudicado por isso mas não me arrependo, ao contrário, faria da mesma forma. A luta contra a corrupção já deve começar durante a campanha e quem não está disposto a fazer amarras políticas sente muito mais o desgaste deste enfrentamento.”

“Naquele momento, em 2016,  eu estava disposto, hoje já estou focado em minha profissão. Acho perigoso quando pessoas que não têm profissão manipulam a política e se transformam em políticos profissionais.”

Perguntado se faria diferente, igual ou em parte o que o atual prefeito André Vieira vem fazendo frente ao governo municipal, Goy Montini preferiu não opinar. “Não acho ético fazer esse tipo de comparação. Atualmente não estou acompanhando ativamente as atividades da Administração Pública, como quando fui vice-prefeito, para conseguir promover esta comparação”, disse.

Montini também descarta, no momento, apoiar algum candidato. “Ainda não tenho essa definição, até mesmo porque os candidatos oficiais ainda não foram anunciados”.

O advogado, que foi vice-prefeito de Junior Ricci de 2009 a 2012, disse que ainda tem uma boa relação com o ex-prefeito. “Sempre que podemos, conversamos e trocamos ideias sobre vários assuntos”, contou.

Para finalizar, Goy disse que mesmo não atuando mais diretamente na Administração Pública é eleitor, portanto, tem responsabilidades. “Gostaria de lembrar que não podemos desistir da nossa cidade e de nosso papel enquanto cidadãos. As eleições municipais estão se aproximando e acho importante que todos os eleitores procurem pesquisar a vida e as propostas de todos os candidatos”.

“É fundamental que a gente conheça bem quem iremos colocar para administrar os recursos públicos do lugar em que vivemos. Uma boa gestão influencia muito no trabalho cotidiano e valorização dos servidores públicos além da responsabilidade sobre toda a estrutura que uma cidade pode oferecer à sua população.  Neste momento não coloco meu nome à disposição da política mas creio muito nas pessoas que realmente querem o bem e mantém viva a nossa cidade: os cidadãos”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here