Hospital de campanha em Mirassol é cancelado por falta de oxigênio

Lar São Francisco não conseguiu garantir o fornecimento de oxigênio

A instalação de um hospital de campanha em Mirassol, anunciado recentemente após uma reunião com interessados, por ora está descartado, segundo informou em nota a assessoria de imprensa da prefeitura. O hospital, que teria capacidade para 10 leitos de UTI e 20 de enfermaria, seria instalado nas dependências do Hospital e Maternidade Mãe do Divino Amor – administrado pelo Lar São Francisco de Assis, de Jaci.

“Todos os recursos financeiros foram disponibilizados pelo Estado, através da Diretoria Regional de Saúde (DRS0), no entanto, o Lar São Francisco não conseguiu garantir o fornecimento de oxigênio e por isso achou-se arriscado implantar o hospital de campanha e faltar o insumo para atendimento médico. Aguarda-se novo cenário”, informa a nota.

Ainda segundo a informação oficial, o prefeito acompanhou todas as tratativas e concordou, desde o início, com a implantação do hospital de campanha, “mas decisão não estava ao encargo do prefeito municipal”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here