Instituto Butantan anuncia o lançamento do app que avisa sobre contato com infectado

App identifica a incidência da Covid-19 na população

O Instituto Butantan deve lançar em Araraquara nos próximos dias o aplicativo Global Health Monitor, que faz, a partir do celular, rastreio por monitoramento geográfico de quem entrou em contato com um paciente que testou positivo para a covid-19. Para a ferramenta ter utilidade no controle da doença, a população precisa baixar o app e se cadastrar. “Tudo depende do input (alimentação de dados) pelos moradores”, afirma Cláudia Ananina, gestora de tecnologia da informação do Butantan.

O uso do recurso, conhecido como “contact tracing”, é indicado pelo Centro de Controle de Doenças e Prevenção (CDC), do departamento de Saúde dos Estados Unidos, para impedir a disseminação da covid. Representantes do Instituto Butantan se reuniram nessa quinta-feira, 18, com o prefeito de Araraquara Edinho Silva (PT) e integrantes do comitê de contingenciamento da covid da cidade para discutir essa e outras ações no município.

Nesta sexta-feira, Araraquara entra no quinto dia de lockdown, com 100% dos leitos de UTI e enfermaria ocupados. Com mais quatro mortes confirmadas nesta quinta, a cidade passa a ter 162 mortes pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, em fevereiro do ano passado, sendo 46 confirmados em fevereiro deste ano.

O diretor do Butatan, Dimas Covas, havia mencionado na quarta-feira, 17, sobre o início desse projeto durante o evento de início do estudo de vacinação em massa em Serrana, onde o instituto vai pesquisar os efeitos da aplicação em larga escala da Coronavac. Por causa disso, muitos moradores de Araraquara passaram a achar que a cidade também receberia um programa de vacinação em massa. O Butantan esclarece que a informação, que viralizou nas redes sociais, não procede.

Com: Estadão Conteúdo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here