Liderança

A candidata a vice-prefeita do Dr. Paulo Thomé, a também médica Maria Fernanda Trabulsi (MDB), não passou despercebida durante a campanha, e veio a se tornar uma forte promessa de liderança política no futuro. Jovem, carismática e antenada com as questões pontuais da saúde pública e áreas correlatas, meio ambiente e foco nas questões da mulher, ela tomou gosto pela política, que entende ser uma ferramenta de transformação social. A conferir.

Pedreira

Dr. Edson Ermenegildo (PSDB), eleito prefeito de Mirassol para os próximos quatro anos, passa a ter uma enorme responsabilidade ao governar Mirassol com tantos problemas para resolver, incluídos os que serão deixados pela pandemia do Covid-19.

Pacto

Com esse quadro de dificuldades que vai se desenhando, Dr. Edson terá que chamar para si um pacto com  as lideranças locais de todos os setores. Terá ainda que ter jogo de cintura para administrar as cobranças do seu eleitorado e as demandas, nem sempre justas ou necessárias, dos vereadores.

Segundo

Dr. Paulo Thomé (MDB), segundo colocado nas urnas, anunciou, em entrevista, que a experiência como candidato a prefeito já valeu, e que não pretende mais disputar cargo público. Vale lembrar que sua campanha foi uma das mais limpas, sem ataques, fake news ou desentendimentos com adversários

Novidade

Houve algumas novidades na eleição mirassolense, mas vale destacar a eleição de Caco Navarrete (PSD) e Júlio Salomão (PL) como primeiro e segundo mais votados do pleito para o cargo de vereador. Ambos são jovens, com ideias avançadas e promessa de uma política mais participativa do que contemplativa como é no momento.

Novidade II

Outra novidade é a eleição do jovem Nando Nogueira (PL) que será o mais novo membro da futura Câmara de Vereadores, ele que tem somente 31 anos. Nando seguiu os passos de  seu irmão, o ex-vereador Luís Roberto Nogueira, o popular Maionese (in memoriam).

Novidade III

Houve ainda a eleição de Cida Dias (Republicanos), a única mulher eleita para o Poder Legislativo. Ela retoma o espaço interrompido após a legislatura 2013/2016 em que Doraci de Oliveira ocupou um assento. Assim como Cida Dias, que garimpou seus votos entre evangélicos, Dora, que não se candidatou, sempre militou no espaço católico.

Regras

Ainda que tenha sido recebida com simpatia pelos eleitores, a nova regra que permite eleger candidatos ao legislativo ainda recebe críticas. Em Mirassol, Gustavo Teixeira ((543 votos), Fernanda Machado Fisioterapia (471 votos) e Valdo da Bicicletaria (442 votos)  foram, respectivamente, o 7º, 8º e 9º candidatos mais votados nesta eleição e perderam para menos votados.

Bálsamo

Em Bálsamo, cidade que faz parte da Comarca de Mirassol, o atual prefeito Du Lourenço, do MDB, foi reeleito com 3.727 votos. Em segundo lugar ficou o candidato Paulo Carteiro, do PSDB, com 2.202 votos.

Jaci

Em Jaci, uma novidade histórica: pela primeira vez foi eleita uma prefeita mulher para governar a cidade. A candidata Valéria da Lukaliam, do Republicanos, foi eleita com 2.013 votos. O segundo colocado foi o Alan, do PSDB, com 1.756 votos, e o terceiro foi Luis Jalmac, do PL, com 773 votos.

Mirassolândia

A candidata Célia, do PSDB, venceu em Bálsamo, com 1.578 votos. Célia é vice-prefeita no município e estava concorrendo ao lado de Aldo, do mesmo partido. Em segundo ficou Nenzão, do DEM, com 1.486 votos, e em terceiro Onofre, do PTB,  com 113 votos.

Neves Paulista

Em Neves Paulista, Márcio Faraguti, do PSDB, foi reeleito com 3.154 votos. Ele disputou as eleições com o candidato Neto Romero, do PSD, que obteve 2.538 votos. Márcio Faraguti está à frente da administração municipal há 18 meses.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here