Medidas anunciadas pelo governo de SP atendem a pedidos da Federação do comércio

Empresário poderá contar com pacote de crédito de R$ 125 milhões e parcelamento de contas entre outros benefícios, garante governo de SP

Os estabelecimentos dos setores de turismo, eventos, comércio e gastronomia do Estado de São Paulo poderão recorrer a um pacote de crédito de R$ 125 milhões, além do parcelamento de contas e da suspensão de dívidas, segundo anunciou o governo estadual semana passada.

Os alívios no pagamento das contas e a suspensão do corte de fornecimento de água e gás canalizado foram pedidos feitos diretamente anteriormente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Além disso, a Entidade sempre destacou a importância de políticas públicas estaduais e federais para minimizar os impactos da pandemia na economia e reduzir os gastos dos empreendedores neste momento de crise, principalmente em medidas de suporte às obrigações tributárias, nem todas contempladas ainda.

As ações divulgadas são:

*apoio emergencial de R$ 125 milhões para os segmentos de turismo, eventos, comércio e gastronomia no Estado. Os empréstimos serão concedidos a juros baixos por meio do Banco do Povo e do Desenvolve SP;

*suspensão de corte dos fornecimentos de gás e água da rede da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para os estabelecimentos que não puderam honrar com estes compromissos até 30 de março. As contas pendentes poderão ser parcelas sem juros e nem multas em até 12 meses;

*suspensão por 90 dias do protesto de débitos inscritos na dívida ativa do Estado para que os empresários tenham capacidade de adquirir financiamento e quitar as dívidas. A ação já está vigorando.

Fonte: FecomercioSP

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here