Mirassol adota medidas mais restritivas contra a disseminação do Covid a partir de sábado (27)

Paço Municipal, setor de tributos / PMM

Após reunião com representantes da Associação Comercial, Sindicato dos Comerciários, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Mirassol e comerciantes, e tendo em vista a recomendação do Ministério Público e o excesso de atendimento na UPA local, o prefeito de Mirassol, Edson Antonio Ermenegildo, vai publicar novo decreto com medidas mais restritivas de enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus. As medidas proíbem o desenvolvimento de quaisquer atividades presencias e também a circulação de pessoas no município, exceto em casos específicos como urgências e emergências de saúde. As restrições passam a valer a partir 0h deste sábado (27) e vai até às 23h59 de terça-feira (30).

Podem funcionar apenas:

  • Farmácias;   
  • Atividades veterinárias; 
  • Atividades públicas e privadas médicas para atendimento de urgência e emergência, sendo proibido os atendimentos eletivos;
  • Transporte público ou privado, desde que o deslocamento seja para prestação ou uso dos itens anteriores;
    – Postos de combustíveis e oficinas de manutenção; 
  • Velórios com realização por no máximo 4 horas, e com a presença máxima de 10 pessoas, respeitadas as regras de distanciamento e demais normas sanitárias;
    – Comércios do gênero alimentício apenas no sistema delivery e drive thru, inclusive os supermercados;

Todas as medidas de higiene, distanciamento, uso obrigatório de máscara e demais providências elencadas ao Plano São Paulo para fins de enfrentamento ao Covid-19 deverão ser respeitadas.

Texto: Assessoria de Imprensa da PMM (Prefeitura Municipal de Mirassol)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here