Mirassol Futebol Clube completa 96 anos nesta terça-feira, dia 09

Boa trajetória do Leão da Araraquarense é reconhecida por todo o Brasil

Fundado no dia 9 de novembro de 1925 para representar a cidade em amistosos e torneios regionais, o Mirassol Futebol Clube – também conhecido como Leão da Araraquarense — completa nesta terça-feira 96 anos de tradição. “São 96 anos de tradição levando o nome da cidade que amamos para todo o Brasil. Nos orgulhamos da trajetória que o Mirassol Futebol Clube construiu até aqui e seguimos trabalhando para que possamos dar passos cada vez mais altos”, disse a diretoria na página do Facebook do time.

A agremiação, no entanto, estreou no profissionalismo em 1951, quando o clube participou pela primeira vez do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, equivalente a atual Série A2. As dificuldades em disputar um torneio em nível estadual fizeram com que, no ano seguinte da estreia, o Mirassol voltasse ao amadorismo. O time só se arriscaria no profissionalismo de novo em 1960, na Terceira Divisão, equivalente a atual Segunda Divisão. Na reestreia, o time conseguiu seu primeiro acesso, subindo para a Segunda Divisão (atual Série A3) em 1961.

Estádio José Maria de Campos Mais (Maião), palco de muitas conquistas


Na mesma época surgiu em Mirassol outro clube profissional. O Grêmio Recreação e Esportivo Cultura, popular GREC, que disputou ao lado do Mirassol a Segunda Divisão, de 1962 e 1963, gerando grande rivalidade. Com medo de que a disputa enfraquecesse os dois clubes, as diretorias se reuniram em 1964 e decidiram se fundir. Nascia o Mirassol Atlético Clube, de uniforme azul e branco, que representou a cidade por 18 anos, participando de 11 edições do Campeonato Paulista.
Mas em 1981, a distância dos associados do GREC da direção do clube fez com que a parceria fosse desfeita. No ano seguinte, o Mirassol Futebol Clube, amarelo e verde, voltou aos gramados na Terceira Divisão do Campeonato Paulista (atual Série A3). O GREC, por sua vez, nunca mais voltaria ao futebol.

De volta às origens, o Mirassol subiu para a Segunda Divisão (Série A2) em 1985, onde ficou até 1993. Em 1994, com a criação do atual sistema de divisões, a então Primeira Divisão virou Série A1, no Grupo 1, e Série A2, no Grupo 2. A divisão intermediária, onde estava o Mirassol, passou a ser a Série A3.

O time ficou na A3 por quatro temporadas. O acesso para a Série A2 veio em 1997, com o grande título de sua história, conquistado sobre o União Barbarense. Oscilando entre as Séries A2 e A3 nos primeiros anos do novo século, a partir de 2005, quando deixa de chegar à elite por apenas um ponto, o clube persegue o acesso inédito para a principal divisão estadual.

A vaga viria em 2007, quando o clube terminou a Série A2 na terceira colocação. Na elite fez campanhas consistentes, chegando às quartas de final de 2011 e, consequentemente, à Série D do Campeonato Brasileiro, onde esteve muito próximo de chegar à Série C. O acesso escapou na derrota para o Oeste na fase decisiva.

Em 2013, porém, o clube foi novamente rebaixado e em 2014 e 2015 ficou na quinta colocação da Série A2, deixando o acesso escapar nos critérios desempate em ambas ocasiões. O retorno, no entanto, se deu em 2016, e nos anos seguintes fez campanhas sólidas.

Imagem: Léo Roveroni/Agência Mirassol FC


Em 2020, o Leão fez sua melhor campanha no Campeonato Paulista, terminando a competição em 3° lugar, eliminando nas quartas de final, o São Paulo. Em janeiro de 2021, o Mirassol, disputando as quartas de final da Série D, venceu a Aparecidense-GO pelo placar agregado de 5-3, se classificou para as semifinais da competição e garantiu, pela primeira vez, uma vaga na Série C do Campeonato Brasileiro.

No dia 6 de fevereiro do mesmo ano, o Mirassol, com um placar agregado de 2-0, bateu o Floresta-CE e conquistou pela primeira vez, um título nacional, o de campeão da Série D do Campeonato Brasileiro. Semifinalista das duas últimas edições do Campeonato Paulista, o Leão não terminou bem a temporada e, após ver o elenco desmanchar ao fim do estadual, brigou para não cair na Série C.

CT do Mirassol
Com recursos da negociação do atacante Luiz Araújo do São Paulo para o Lille da França, o Mirassol, primeiro clube do garoto, inaugurou em 2018 um moderno Centro de Treinamentos que atenderá tanto as categorias de base, quanto o time profissional. O CT é equiparado aos dos grandes clubes brasileiros.

Temporada 2022
Com o técnico Eduardo Baptista de contrato assinado até o fim do Paulistão, o clube está em fase de planejamento para o ano que vem e tem como principal meta a montagem de um grupo que possa manter uma boa base ao longo de toda a temporada, mesmo que sofra baixas pontuais ao término do estadual. O planejamento para 2022 é tentar trazer os jogadores e mantê-los por toda a temporada. Além disso, o bom desempenho no Campeonato Paulista sub-20 deve levar jovens jogadores das categorias de base do Mirassol a ganhar espaço no elenco profissional em 2022.

Sorteio dos grupos é hoje

Coincidentemente, o Mirassol Futebol Clube vai conhecer nesta tarde o grupo que vai integrar no Paulistão 2022. O sorteio vai acontecer às 13h30 na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF). O clube será representado pelo seu presidente Edson Ermenegildo, que também é prefeito de Mirassol.


Com Federação Paulista de Futebol e Ge

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here