Os 3,6 mil alunos das escolas municipais de Mirassol, de 4 a 10 anos de idade, que possuem algum tipo de problema oftalmológico, causando dificuldades no aprendizado, participam da ação “Pequenos Olhares”, uma iniciativa apresentada para a Prefeitura de Mirassol e Departamento Municipal de Educação (DME) pelo Projeto Maria Rennotte em parceria com a empresa Essilor – detentora da marca lentes Varilux – e o Hospital do Olho (HO) de São José do Rio Preto, idealizadores da ação.

O trabalho consiste em identificar os alunos das escolas municipais que tenham algum problema oftalmológico, e a proposta é fornecer, sem custo para a família, os óculos (armação e lentes) para a criança. A ação teve início na sexta-feira (13) e a primeira instituição de ensino a receber a iniciativa foi a Escola Professor Darcy Amâncio –  E.M.E.F.E.I., no bairro Cohab II. 

A representante do Projeto Maria Rennotte, Viviane Moreira, e a representante da Essilor (empresa que está fazendo a doação dos óculos), Priscila Goulart, foram recebidas pela diretora de Educação de Mirassol Luzia de Fátima Paula, e pela equipe pedagógica da escola. O prefeito Edson Ermenegildo, acompanhado do chefe de Gabinete Renato Scochi e do vereador João Paulo de Araújo, também visitaram a escola para acompanhar de perto o teste de acuidade visual nos alunos.

“É uma ação muito importante pois muitas vezes a criança tem dificuldade no aprendizado e este problema pode estar relacionado a visão. Nossos parabéns para o Projeto Maria Rennotte, à empresa Essilor e ao Hospital do Olho de Rio Preto por esta parceria com nosso Departamento de Educação”, disse o prefeito.

A diretora do DME explicou como funciona o projeto. “Primeiro fazemos os testes de acuidade visual, depois o encaminhamento médico ao Hospital do Olho, e havendo a necessidade o aluno receberá os óculos”, explicou Luzia. “Temos a certeza que essa ação vai contribuir muito, não só para o aprendizado, mas para a qualidade de vida das nossas crianças”, acrescentou.

Estima-se que oito em cada dez crianças em idade escolar nunca foram ao oftalmologista. Além disso, cerca de 30% dessas crianças têm algum problema de visão passível de correção com o uso de óculos.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here