Mirassol prorroga medidas restritivas contra Covid-19 até 15 de julho

agora as atividades religiosas poderão acontecer até as 20 horas

O prefeito de Mirassol, Edson Ermenegildo, decretou a prorrogação das medidas mais restritivas para o combate à pandemia da Covid-19 até o dia 15 de julho. O Decreto nº 5.861 foi publicado na tarde desta quinta-feira (01). A novidade é que a realização das atividades religiosas poderão acontecer até as 20 horas dentro das condições previstas no presente Decreto e no Plano São Paulo (ocupação de no máximo 40% e seguindo as regras sanitárias de higienização e distanciamento social)

Entre as medidas mantidas está o fechamento do comércio, fornecimento, consumo de bebidas alcoólicas entre as 20 horas e 7 horas da manhã. Será proibida a circulação de pessoas entre as 21 horas e 5 horas, inclusive em condomínios, clubes e áreas residenciais, exceto para trabalhadores e pessoas em busca de atendimento médico.

O Decreto também proíbe e funcionamento de supermercados e similares, bares, restaurantes e comércio do gênero alimentício, entre 20 horas e 7 horas. É proibido a realização de festas, reuniões e eventos em locais públicos ou particulares com qualquer finalidade. Os supermercados e similares, bares, restaurantes e o comércio de gênero alimentício poderão funcionar na modalidade delivery, além do horário previsto, devendo as portas de tais estabelecimentos permanecerem fechadas sob a pena de responsabilização legal.

Os descumprimentos das normas previstas no Decreto sujeitará os infratores a aplicação de sanções previstas nas normas posturais, sanitárias e demais normas municipais em vigor.

Confira a publicação do Decreto nº  5.861 no Diário Oficial de 01/07/2021:

https://dosp.com.br/exibe_do.php?i=MTc4ODkw

Confira a publicação do Decreto nº 5.855 no Diário Oficial de 18/06/2021:

https://dosp.com.br/exibe_do.php?i=MTc2MzU2
 
Fonte: Assessoria de Imprensa PMM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here