Prefeito de Mirassol adia mais uma vez reunião sobre adesão ao lockdown

Rio Preto inicia o toque de recolher agora das 18h às 5h

O prefeito de Mirassol, Edson Ermenegildo (PSDB), adiou mais uma vez a reunião com prefeitos de cidades vizinhas para decidir sobre se vai ou não aderir ao “lockdown noturno” (toque de recolher) decretado pelo prefeito de Rio Preto Edinho Araújo, que entra em vigor daqui a pouco, das 18h até às 5h da manhã, com término no dia  2 de julho.

A primeira reunião que havia sido marcada para hoje de manhã, às 10h, foi adiada para agora à tarde, às 15 horas, e agora a pouco sua assessoria informou que a reunião passou para esta sexta-feira, às 10 horas, quando devem participar os prefeitos de Bálsamo, Jaci, Mirassolândia e Neves Paulista.

Nas redes sociais,  usuários estão comentando sobre o assunto e ansiosos para saber a atitude que será tomada. Caso o prefeito não adira ao lockdown, a preocupação maior é com a provável vinda de moradores de Rio Preto para fazerem compras em Mirassol no fim de semana, uma vez que lá a venda de bebidas alcoólicas se estende durante 24 horas aos sábados e domingos.

Em nota, a assessoria de imprensa do prefeito informou que o encontro vai discutir quais medidas mais restritivas, além das colocadas em prática pelo plano São Paulo, os municípios da Comarca de Mirassol vão tomar, com o objetivo de coibir o avanço da pandemia COVID-19. A proposta é que as medidas sejam idênticas para todos.

Regras do lockdown:

  • O comércio em geral e shoppings poderão funcionar entre 6h e 18h;
  • Bares e restaurantes poderão atender presencialmente das 6h às 18h. Somente delivery pode ser realizado depois das 18h;
  • As atividades essenciais, como o ramo de alimentos, podem funcionar das 6h às 18h;
  • Os ônibus urbanos circularão entre 5h e 20h;
  • Fica proibida a venda de bebidas alcoólicas das 18h às 6h. A proibição se estende durante 24 horas aos sábados e domingos;
  • As fiscalizações realizadas pela Guarda Civil Municipal, Polícia Civil, Polícia Militar, Vigilância Sanitária e Vara da Infância serão intensificadas;
  • Pessoas e empresas que desrespeitarem as regras poderão ser multadas no valor mínimo de R$ 6.296

Proibições:

  • Circulação sem o uso de máscara e aglomeração
  • Festas ou eventos com qualquer finalidade
  • Utilização de equipamentos de uso coletivo (parques, piscinas, etc)
  • Entrada com qualquer acompanhante em estabelecimentos comerciais
  • Circulação de pessoas entre 19h e 5h, inclusive condomínios, clubes e áreas residenciais, exceto trabalhadores dos serviços permitidos nestes horários e pessoas em busca de saúde, devidamente justificados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here