Prefeito de Mirassol assina decreto readequando vários setores na quarentena

Bares poderão funcionar com 40% de sua capacidade e atendimento ao ar livre / Foto: Tomaz Silva / Ag. Brasil

O prefeito de Mirassol André Vieira (PTB) editou, nesta sexta-feira (4), um novo Decreto Municipal de enfrentamento ao coronavírus (covid-19), tendo em vista o Plano São Paulo anunciado hoje pelo Governo Federal que coloca a região na fase amarela.

Terminado o prazo estipulado pelo decreto de março de 2020, que determinava ações impactantes como o fechamento de estabelecimentos comerciais e de serviços, novo documento foi elaborado pelo Executivo Municipal referendando a situação de calamidade pública ocasionada pela pandemia do novo coronavírus e regulando ações a partir de agora.

A partir de agora, fica autorizada a retomada gradual do atendimento presencial ao público das concessionárias de garagens de veículos, escritórios, comércio, Fashion Center, serviços, bares, restaurantes e similares, salões de beleza e barbearias e academias de esportes de todas as modalidades e centros de ginásticas.

Nos demais casos fica prorrogado o decreto de março deste ano.

Já os cinco estabelecimentos e atividades previstos acima — concessionárias de garagens de veículos, escritórios, comércio e o Fashion Center – só poderão trabalhar com a capacidade limitada a 40%; de 8 horas seguidas (das 9h às 17h) e aos sábados das 9h às 13h; autorizado o funcionamento de praças de alimentação ao ar livre ou outras páreas arejadas, observados os protocolos de segurança e higiene; e adoção de protocolos geral e setoriais específicos.

No caso de bares, restaurantes e similares, só poderão funcionar ao ar livre e com a capacidade 40% do seu limite, com horário de 8 horas, consumo no local das 9h às 17h e adoção e protocolos geral e setorial específico.

Para ler o decreto completo, acesse: https://dosp.com.br/exibe_do.php?i=MTI2MTkw

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here