O município de São José do Rio Preto foi premiado nas categorias Mobilidade Urbana e Meio Ambiente pelo Núcleo de Estudos das Cidades, da USP São Carlos, na tarde desta quinta-feira, 2. A homenagem é resultado dos índices de desempenho registrados pela cidade durante o Estudo Sobre o Nível de Desenvolvimento de Municípios Paulistas.

O levantamento é realizado anualmente e compara os registros dos 41 maiores municípios do Estado em sete categorias – Economia, Educação, Finanças Públicas, Meio Ambiente, Mobilidade Urbana, Segurança e Saúde. 

Os resultados de 2021 levaram em conta os índices médios registrados pelos municípios, em cada categoria, nos anos de 2017, 2018, 2019 e 2020.

Meio Ambiente

Em Meio Ambiente, Rio Preto alcançou nota 10 e primeiro lugar no ranking do estudo, por ser a atual campeã do Programa Município VerdeAzul (PMVA). A pontuação de 96,54 no PMVA, além do primeiro lugar na categoria geral de Meio Ambiente  no estudo, fez da cidade a tricampeã consecutiva, no programa que mede a gestão ambiental nos municípios de todo Estado de São Paulo. “Esse estudo vem ratificar os bons resultados que temos conseguido em diversos parâmetros de meio ambiente, fruto da seriedade e trabalho com que o tema vem sendo tratado no município, pelo poder público e sociedade civil”, comemorou a secretária de Meio Ambiente e Urbanismo Kátia Penteado. 

Mobilidade 

Dos três estudos que compõem a nota da categoria Mobilidade Urbana, Rio Preto levou o primeiro lugar em duas (menores tarifas do transporte coletivo e taxas de motorização). Com isso, a cidade alcançou o primeiro lugar no índice geral da categoria, com nota 9,2 – em uma escala cuja nota máxima é 10.

O terceiro índice avaliado nessa categoria foi redução da mortalidade no trânsito, estudo no qual Rio Preto alcançou a nota 7,6 e o 14º lugar – à frente de cidades como populações maiores, como São Paulo, Sorocaba e Ribeirão Preto.

“São resultados do nosso esforço contínuo em educação para o trânsito, sinalização e conservação das vias. Apesar de Rio Preto ser cortada por duas importantes e movimentadas rodovias [BR-153 e Washington Luís], seguimos diminuindo índice de acidentes”, comentou o secretário de Trânsito de Rio Preto, Amaury Hernandes, que esteve nesta quinta em São Carlos para receber o prêmio.

Longevidade

Na categoria Saúde, Rio Preto também recebeu nota 10 e foi primeira colocada no quesito Longevidade, cujo parâmetro usado foi do Índice Paulista de Responsabilidade Social (IPRS), com expectativa de vida de 77 anos.

Resultados

Rio Preto também alcançou o sexto lugar (nota 8,2) na classificação geral, quando calculadas todas as categorias com o mesmo peso, e o quinto lugar na classificação geral por IDH-Verde, que dá peso maior para saúde, educação, economia e meio ambiente. Os resultados do município por categoria foram:

CategoriaClassificaçãoNota
Meio Ambiente10
Mobilidade Urbana9,2
Segurança6,8
Educação10º8,40
Finanças Públicas12º8,8
Economia15º7,12
Saúde15º7,07

Fonte: Josy de Sá e Ademir Terradas

Divulgação/SMCS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here