Vereador Julio Salomão protesta contra decreto sobre restrições em Mirassol

Para o vereador, o lockdown decretado em Mirassol é fictício

O vereador Julio Salomão (PL) publicou nota oficial nas redes sociais criticando o decreto de restrições assinado hoje pelo prefeito Edson Ermenegildo (PSDB). O decreto é ainda menos rígido que o de Rio Preto e   contraria solicitação do prefeito Edinho Araújo (MDB) que pretendia reunir as cidades ao redor em torno de um lockdown regional noturno. O decreto foi assinado após reunião de Ermenegildo com os prefeitos de Jaci, Neves e Mirassolândia.

O vereador informou que fez requerimento (ver abaixo) solicitando informações acera dos membros do Comitê Municipal de Enfrentamento da Covid-19 que, em tese, são responsáveis pelas orientações sobre ações ao Pode Público.

Confira a nota do vereador:

“Acabamos de receber o decreto sobre as novas medidas restritivas e estamos tornando pública mais uma vez a nossa consternação. Mirassol está atualmente com aproximadamente 400 pessoas em isolamento, a UPA com o limite de ocupação acima do que poderia, pessoas vindo à óbito por não possuir vagas na região em UTIs, portanto, há pessoas falecendo não apenas de COVID.

Discordamos por completo de medidas restritivas sem eficácia comprovada! Esse lockdown fictício vem apenas para demonstrar ação em um momento que precisamos de atitude mais enérgica e que traga  consequências comprovadamente positivas.

Observamos um grande crescimento de casos após a volta das aulas, observamos um protocolo de retorno de servidores mesmo com parentes positivados após 3 dias e não os 14 do primeiro atestado. Na última sessão da Câmara, questionei sobre o parecer do comitê de enfrentamento da COVID e o diretor do departamento falou que o parecer é de 5 dias no mínimo de lockdown total.

Aos comerciantes que se sentem prejudicados, compreendam que esse lockdown não irá resolver, apenas irá postergar para um próximo lockdown. Seria muito melhor baixar os números agora, seguindo Batatais, Jaboticabal, Araraquara, do que termos vidas perdidas e nossos comerciantes penalizados mais uma vez em outro lockdown. Vale lembrar que os comerciantes que mais têm pago por essas medidas são os de comércios noturnos.”

Julio Salomão – Vereador

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here