O governo do Estado de São Paulo vai determinar, a partir da próxima segunda-feira, 18, o retorno obrigatório das aulas presenciais em escolas públicas e particulares. O anúncio deve ser feito em coletiva de imprensa do governador João Doria nesta quinta-feira, 13, no Palácio dos Bandeirantes.

A informação foi confirmada pelo secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, ao jornal O Estado de S. Paulo. Segundo ele, a partir do dia 3 de novembro não será mais necessário o distanciamento de 1 metro entre estudantes. O uso de máscara continuará obrigatório.

“A regra é: criança na escola todos os dias e não alguns dias. A sociedade já voltou, as pessoas estão tendo convivência mais aberta e é preciso priorizar a educação, senão não vamos recuperar a aprendizagem”, disse Soares ao jornal o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares. Apenas crianças e adolescentes com atestado médico que impeça a presença poderão ficar em casa.

Apesar da determinação do governo estadual, os prefeitos ainda terão autonomia para decidir sobre o retorno presencial nas escolas municipais. Mirassol deve se posicionar ainda esta semana.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here